Notícias

notícias

Notícia

Gestão

Serpro recebe nota máxima em índice de governança

Das 61 estatais avaliadas, empresa está entre as 14 que receberam nota 10 no Nível 1 do IG-Sest, do Ministério da Economia
4º ciclo de certificação IG-Sest
by Comunicacao Institucional Serpro — 09 de august de 2019

Ao centro, Diretor da Dijug, do Serpro, Gileno Barreto; ladeado por Fernando Soares, secretário de Coordenação e Governança das Empresas Estatais do Ministério da Economia, à direita; e Ricardo Faria, diretor de Governança e Avaliação de Estatais, também do Ministério da Economia, à esquerda.

O Serpro recebeu, no último dia 9, o certificado Nível 1 do Indicador de Governança (IG-Sest) concedido pela Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest), do Ministério da Economia, conquistando a nota máxima, 10. O resultado do 4º ciclo da certificação foi apresentado, em solenidade realizada em Brasília, pelo secretário-executivo adjunto do Ministério, Miguel Ragone de Mattos.

O IG-Sest avalia o cumprimento dos requisitos exigidos pela Lei nº 13.303/2016, regulamentada pelo Decreto nº 8.945/2016, e as diretrizes estabelecidas nas Resoluções da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da União (CGPAR), Decreto nº 6.021/2007.

"A cada ciclo temos evoluído significativamente e, hoje, o Serpro, além de ter se mantido como Nível 1, foi premiado com nota máxima na 4ª Certificação do Indicador de Governança”, destacou o diretor Jurídico e de Governança e Gestão do Serpro, Gileno Barreto, atribuindo o resultado alcançado ao esforço coletivo dos empregados do Serpro na busca da contínua melhoria da governança corporativa, ao receber o certificado. “Todas as áreas da empresa contribuíram para a consecução desse resultado, seja na estruturação de melhores processos, na qualificação da elaboração de políticas ou na transparência das informações e relatórios”, acrescentou.

Nesta edição, foram avaliadas 61 empresas públicas e sociedades de economia mista federais. A avaliação priorizou a efetividade do funcionamento das estruturas de governança implementadas, bem como a adoção das melhores práticas corporativas utilizadas no mercado. O IG-Sest enquadra as empresas em quatro níveis, de acordo com a nota obtida na avaliação, que passará a ser anual, de acordo com a nova determinação da Secretaria.

“No primeiro momento, queríamos que as empresas estatais se adequassem à lei e que as estruturas de governança fossem inseridas. Agora, podemos avaliar o quanto que essas estruturas estão ajudando efetivamente na governança das empresas”, disse o secretário de Coordenação e Governança das Empresas Estatais do Ministério da Economia, Fernando Soares.

Conquistas

Nos últimos três ciclos de avaliação, o Serpro tem se mantido na categoria máxima, no Nível 1. Na edição deste ano, a empresa atingiu a nota mais alta da certificação, passando de 9,49 para 10. Foram também agraciadas com a mesma nota as empresas públicas e sociedades de economia mista federais: Banco do Brasil, BB Gestão de Recursos-Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários (BB DTVM), BB Seguridade, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Banco do Nordeste, Caixa Econômica Federal (CEF), Centro Nacional de Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec), Eletrobras, Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Grupo Hospitalar Conceição, Petrobras, BR Distribuidora e Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre (Trensurb).

Na primeira edição do IG-Sest, realizada em novembro de 2017, o Serpro obteve a nota 6,14, na categoria Nível 2. Nas três edições seguintes, duas em 2018 e esta agora, a empresa se mantém na categoria Nível 1, com as avaliações 9,49, 9,38 e 10, respectivamente.


Contato