Notícias

notícias

Notícia

Aniversário do Serpro

Serpro chega aos 54 com muito a comemorar

Festejando o lucro conquistado e ancorada em novo posicionamento, empresa se renova e inova para continuar conectando governo e sociedade
Serpro 54 anos.jpg
por Comunicação Institucional do Serpro — 29 de novembro de 2018

A chegada do fim de 2018 deixa evidente a trajetória de dois movimentos que o Serpro vem realizando com vigor: por dentro, renovação em múltiplos aspectos; para fora, inovação em amplo sentido.

A empresa priorizou a recuperação de bases sustentáveis e se reposicionou no mercado, de maneira assertiva, assegurando que suas ações fossem orientadas por cinco diretrizes: foco no cliente, busca de maior eficiência, melhores práticas de governança e gestão, mudança de cultura organizacional e melhoria dos recursos tecnológicos.

Ordem na casa

A estratégia tem dado certo. Internamente, houve um grande empenho para conseguir a queda de despesas operacionais e a redução da folha de pagamentos com propostas voluntárias, como jornada reduzida e incentivo à aposentadoria. Junto com estratégias consistentes de reposicionamento no mercado, o lucro projetado para 2018 é de R$ 191 milhões, o que representa crescimento de 54,7% em relação a 2017 e consolida a reversão da tendência de prejuízos observada em 2015 e 2016.

Outro resultado importante a destacar é o crescimento de faturamento advindo de clientes que não são dependentes do Orçamento Geral da União, processo importante para colaborar na conquista de sustentabilidade da empresa.

Um ano cheio de prêmios

Toda essa movimentação não passou despercebida pelo mercado e pelos clientes. O ano de 2018 trouxe prêmios importantes, a começar pela certificação máxima do IG-Sest, um indicador de governança estatal emitido pelo Ministério do Planejamento. O indicador de governança das estatais é medido semestralmente e avalia itens de gestão, riscos, compliance e governança. Busca conformidade com as melhores práticas de mercado e maior nível de excelência para as empresas federais de controle direto da União (dependentes e não dependentes).

Também houve premiação no 13º Congresso de Pregoeiros, no qual se apresentou o melhor edital de pregão e melhor termo de referência. Já o IV Concurso de Boas Práticas na Gestão da Ética premiou o Serpro por apresentar um sistema eletrônico de ciência e aceite do Código de Ética, garantindo que empregados e empregadas realmente acessem um documento tão importante.

A lista continua: o Ministério da Fazenda premiou o Serpro por desenvolver o Sistema de Parcelamento Parametrizado. Em outro concurso, o mesmo ministério premiou o Portal Internacional de Alertas Aduaneiros, solução que ajuda aduanas do Brasil e exterior a combater tráfico e contrabando.

Durante o ano, a diretora-presidente do Serpro foi publicamente reconhecida por capitanear a série de inovações na empresa. Recebeu o Steve Awards For Women in Business, na categoria setor público, troféu Bronze. Glória Guimarães foi a única sul-americana dentre as 1.550 inscritas de 33 países. Ela também recebeu o prêmio de Executiva de TI do Setor Público realizado pela IT Mídia, em parceria com a Korn Ferry, uma premiação realizada anualmente desde 2011 na área de marketing.

Para abrilhantar o rol de reconhecimentos, no último dia 29, às vésperas do aniversário do Serpro, a empresa recebeu prêmio pelo desenvolvimento do Sinesp Infoseg, ferramenta web e mobile da área de segurança que permite a pesquisa de dados essenciais à tomada de decisão e a trâmites investigativos e de inteligência. A premiação foi realizada no 22º Concurso Inovação no Setor Público, promovido pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap).

Conquistas do Serpro no triênio 2016-2018

  • Receita operacional bruta cresce 18,3% acima da inflação
  • Queda real de 15% das despesas operacionais no triênio
  • Evolução do resultado líquido em 153,6% no triênio
  • Recuperação integral dos prejuízos acumulados

Reposicionamento

Desde 2016, está em curso a reestruturação das linhas de negócio, com estabelecimento de parcerias e ampliação de mercados. Hoje, o Serpro possui três linhas: Serviços de Informação, Serviços em Nuvem e Serviços Sob Medida. E em cada uma se dedica à reavaliação contínua em busca de melhorias.

Serviços sob medida continuam imbatíveis

O Serpro disponibiliza sistemas que estruturam a administração pública nacional, conectando governo e sociedade desde 1964. Com foco na melhoria contínua, criou um programa dedicado ao aprimoramento dessa linha de negócios feitos sob medida, chamado UNO. E tem colhido bons frutos na jornada de aprimoramento contínuo no atendimento e na entrega de serviços a clientes exigentes, tais como ministérios e outros órgãos essenciais do governo federal.

Neste ano, o Serpro processou 29 milhões de declarações de Imposto de Renda da Pessoa Física, com toda segurança. Processo que continua a atrair a atenção de outros países pelo nível de qualidade alto e constante.

A produtividade nessa área não parou por aí. O Serpro desenvolveu a DPI, uma declaração padronizada de ISS; aprimorou o Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse (Siconv) com novas funcionalidades; lançou um aplicativo do Tesouro Direto e acrescentou novas funcionalidades ao Sigepe Mobile. Comemorou um ano do Portal Único de Comércio Exterior (Pucomex); desenvolveu um sistema ágil para pagamento de dívidas com desconto dedicado aos micro e pequenos empreendedores, o PERT/MEI; e ainda entregou DCTF Web, programa que facilita a declaração de débitos e créditos para empresas.

Todas essas inovações colaboram para que a empresa continue a ocupar um lugar estratégico no cenário de TI pública.

Casos de sucesso

Se os serviços sob medida são a face segura e já conhecida do Serpro, este ano marcou o florescimento de várias tecnologias que podem ser compradas já prontas ou quase prontas, atendendo a nichos de mercado tão diversos quanto órgãos de fiscalização de trânsito, empresas financeiras e cartórios. Além de várias facilidades estendidas diretamente para o uso de cidadãos e cidadãs. Muitas dessas inovações foram festejadas pela imprensa e representam casos de sucesso na TI pública.

Logo em abril, foi disponibilizada a Carteira Nacional de Habilitação Digital (CNH Digital) para todo o país. No decorrer do ano, entrou em cena a Carteira Digital de Trânsito (CDT), dispositivo que permite ter disponíveis no celular tanto a CNH quanto o documento do Veiculo (CRVL). Uma solução que une mobilidade, praticidade e comodidade.

O NeoID foi lançado como primeiro certificado digital que pode ser utilizado sem token físico, no Brasil, facilitando a identificação de documentos virtualmente. A família de APIs Serpro também cresceu, com a disponibilização de inovações como a da Dívida Ativa e a Consulta DU-e, possibilitando que instituições públicas e empresas privadas tenham acesso a dados válidos e confiáveis de cidadãos e cidadãs. Menos burocracia, mais eficiência.

O DataValid foi aprimorado com biometria facial. A placa de trânsito Mercosul entrou em utilização pela via do desenvolvimento do Serpro. Na área do gerenciamento de trânsito, o SNE, um sistema que agiliza o gerenciamento de notificações de trânsito, continuou a receber aprimoramento. Junto com o Radar, que agiliza a gestão de notificações de infrações, ambos vão chegando a várias prefeituras e estados brasileiros, aprimorando e desburocratizando essa área do poder público com dispositivos cada vez mais intuitivos.

Socialmente responsável

Por último, mas não menos importante, a empresa continua se reconhecendo como portadora de responsabilidades sociais fundamentais. O projeto Menina de TI vai de vento em popa, disponibilizando o saber de profissionais do Serpro no incentivo a que jovens mulheres entrem para o mundo da Tecnologia da Informação. O Comitê de Equidade de Gênero, Raça e de Respeito à Diversidade fez campanha de combate à violência contra a mulher e se empenha em trazer a equidade para o cotidiano da empresa, por meio de diversos projetos.

Ações de governança para ampliar a noção de integridade do Serpro, fazendo a prevenção e combate de possibilidades de corrupção, são outro foco de atenção da empresa. Em termos socioambientais, há um programa em curso, destacado no planejamento estratégico, com ações concretas para economizar energia em todas as localidades da empresa.

Economizar no que for possível, continuar melhorando o que é necessário, ousar inventar o que se revelará indispensável: o Serpro se prepara para receber o futuro com a boa energia de quem entrou em um círculo virtuoso.

Contato