Notícias

notícias

Notícia

Trânsito

Como obter descontos de até 40% em multas de trânsito?

Mais de um milhão de veículos no Brasil já contam com facilidades na hora de acompanhar e pagar infrações de trânsito
Imagem de passageiros em um veículo em movimento
por Comunicação Institucional do Serpro — 10 de setembro de 2018

Multas de trânsito nunca são bem-vindas. Basta uma notificação chegar pelo correio para azedar nossa manhã. Mas é isso: se o motorista descumpre a lei de trânsito e é flagrado, elas são inevitáveis. Quem nunca cometeu algum erro ao volante?

Se, mais cedo ou mais tarde, elas vão chegar, não seria bom ter à mão uma ferramenta que notifique o motorista, facilite a gestão e o acompanhamento das infrações e ainda por cima oferecesse um desconto de até 40% no valor das multas? Na verdade, essa ferramenta já existe. É o SNE (Sistema de Notificação Eletrônica) e está disponível para cidadãos e empresas.

Lançado no final de 2016, o SNE é um marco de modernização na comunicação de infrações de trânsito entre órgãos autuadores e proprietários de veículos no Brasil. Além do desconto, a solução oferece uma gama de serviços, como recebimento e acompanhamento do status das notificações discriminadas por veículo cadastrado; formulário de indicação do real infrator de uma determinada notificação; e facilidade de pagamento com geração de código para uso direto via aplicativo do banco. Tudo isso de forma ágil, na versão web da solução, ou com ainda mais comodidade na versão mobile, direcionada apenas para pessoas físicas.

Desenvolvido pelo Serpro para o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o SNE conta com um crescente número de adesões por parte dos órgãos de trânsito do país. Já são dez Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans), três Departamentos de Estradas de Rodagem (DERs) e mais 62 órgãos autuadores municipais, além do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Confira o quadro de adesões até o momento na ilustração abaixo.

Infográfico sobre adesões ao SNE pelo país

Atualmente, 1.011.782 veículos de cidadãos e 62.017 veículos de empresas de todos os estados já se registraram no SNE e tem acesso a todos os serviços ofertados. De acordo com Antônio Gilberto Meneses, gerente responsável pelo SNE no Serpro, a facilidade de uso e o desconto ofertado também se aplica a veículos que circulam fora de sua jurisdição. "Por exemplo: quando um veículo de São Paulo ou Minas Gerais, estados onde o Detran ou DER ainda não aderiram ao SNE, cometer uma infração de trânsito em rodovias federais sob a responsabilidade do DNIT ou rodovias estaduais sob a gestão de algum Órgão Autuador aderido ao SNE, poderá se beneficiar da notificação eletrônica e pagar sua infração com 40% de desconto", explica.

Como se cadastrar?

Para se cadastrar, é simples:

  • O primeiro passo é ir à página do Sistema de Notificação Eletrônica ou baixar o aplicativo SNE nas lojas Play Store ou App Store.
  • Em seguida, basta clicar em "Cadastro" e fornecer seu dados pessoais (CPF, nome, email e data de nascimento), criando também uma senha.
  • A próxima etapa é a ativação do cadastro, que é feita a partir de um link enviado ao email indicado anteriormente.
  • Em seguida, o motorista deve registrar sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para se tornar ativo no sistema. Basta preencher o número do documento e o código de segurança, conforme demonstrado nos destaques em vermelho das ilustrações a seguir. Os cidadãos que não possuem carteira de habilitação, mas que possuem veículos registrados em seu nome, podem utilizar o número do Renavam do seu veículo e o Código de Segurança do CRV (Certificado de Registro de Veículo, mais conhecido com DUT), confira na terceira figura.

 Ilustrações da CNH e do CRV

  • Por fim, o próprio sistema indica quais veículos estão registrados no nome da pessoa ou empresa e o usuário pode escolher qual deles quer habilitar no SNE. A qualquer tempo o usuário poderá desabilitar ou reabilitar cada um de seus veículos registrados.


Uma observação importante para os proprietários de veículos que fizerem adesão ao SNE é que os órgãos que operam com o sistema não emitirão notificação de infração ou penalidade impressa, somente via aplicativo ou site. Ou seja, a multa não mais chegará pelo correio. Caso a pessoa ou empresa opte por reverter sua adesão ao sistema, passa a receber novamente essas comunicações impressas em seus endereços.

Identificação digital para motoristas

Já pensou parar em uma blitz e perceber que está sem o documento do carro? Ou levar à mão ao bolso e notar que não trouxe consigo sua carteira de habilitação? Essas preocupações não mais afligem quem já baixou o aplicativo "Carteira Digital de Trânsito".

Com o novo app, os motoristas passam a contar com a versão digital da CNH e do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) em seus dispositivos móveis, dispensando o a necessidade do porte destes documentos em papel. Acesse, conheça e baixe agora em seu celular.

Contato