Notícias

Notícias

Empreendedorismo

Encontro avalia resultados do primeiro mês do Empreenda Fácil

por Comunicação Empresarial do Serpro - Belo Horizonte — 03 de julho de 2017
Prefeitura de São Paulo, Sebrae, Serpro e RFB debateram o programa que está reduzindo o tempo para abertura de empresas na capital paulista
Evento foi realizado na Prefeitura de São Paulo

Evento foi realizado na Prefeitura de São Paulo

Com apenas um mês de operação do Programa Empreenda Fácil, o prazo para abertura de empresas na cidade de São Paulo caiu de 120 para sete dias. Durante esse período, duas mil novas empresas foram criadas na capital paulista. Os dados foram comemorados nesta sexta-feira, dia 30 de junho, durante reunião de avaliação do programa, que contou com a participação do prefeito João Doria, do presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, do secretário da Receita Federal do Brasil (RFB), Jorge Rachid, e da diretora-presidente do Serpro, Glória Guimarães.

"Esse é um exemplo de ação integrada do governo federal, estadual e municipal. Só conseguimos atingir esses resultados por força de uma ação integrada entre os três poderes. E o impacto disso foi extraordinário, não só como exemplo para outras cidades – capitais, ou não – como referencial internacional", ressaltou o prefeito João Doria na abertura do encontro.

Entre as facilidades trazidas pelo programa está a redução da necessidade presencial para a realização de operações. Outro avanço, destacado por Afif Domingos, é "confiar na palavra do cidadão", utilizando o método da autodeclaração, ou seja, o próprio empreendedor é o responsável por fornecer informações, por exemplo, se a sua empresa é de baixo risco. "A cidade de São Paulo já está dando seu primeiro passo para ser uma cidade amiga do empreendedor. Nós temos então que ter um país amigo do empreendedor", afirmou.

Glória Guimarães destacou a importância do programa e parabenizou o prefeito Doria pelo pioneirismo e exemplo de São Paulo. "Quando a maior cidade do país cumpre um programa desses a gente tem certeza que o Brasil vai evoluir rapidamente nestes processos", analisou. Glória também falou sobre os próximos passos da empresa na evolução das ferramentas que apoiam a desburocratização do empreendedorismo no Brasil. "Nós, como empresa pública cuja missão é conectar governo e sociedade, estamos juntos nesse movimento. Um aspecto interessante que nós queremos, para uma próxima etapa, é embarcar novas tecnologias no portal pra facilitar a vida do empreendedor, trazendo o cidadão para perto do modelo digital e aproximando-o do governo", concluiu.

O programa

O Empreenda Fácil envolve um total de 25 órgãos públicos federais, estaduais e municipais, articulados por uma rede tecnológica gerenciada pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), do Governo Federal, e pela Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paulo (Prodam).

A meta inicial do programa de sete dias de prazo para a emissão de um CNPJ já foi alcançada. Entretanto, o objetivo é reduzir gradativamente esse prazo, chegando a apenas dois dias nos casos de empreendimentos de baixo risco.

Contato