Notícias

Geral

Negócios

Serpro presente na maior feira de empreendedorismo da Amazônia

por Comunicação Social do Serpro — última modificação 29/11/2016 10h50
Empresa comercializou certificados digitais para micro e pequenos empresários
Feira do Empreendedor Belem3.jpg

Serpro comercializa certificado digital na Feira do Empreendedor do Pará

O Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) participou da oitava edição da Feira do Empreendedor do Pará, que aconteceu no período de 16 a 19 de novembro, em Belém.

O evento, tido como a maior feira de empreendedorismo da Amazônia, reuniu empresários de todo o estado, que participaram de mais de 300 cursos de capacitação e debateram as oportunidades para quem pensa em abrir novas empresas ou potencializar seus negócios atuais.

"Montamos um estande na área de exposição para comercialização de certificados digitais, com emissão instantânea para empreendedores da Redesimples. Também apresentamos a palestra 'Identidade Digital para seu Negócio', voltada para micro e pequenos empreendedores interessados em formalizar sua atuação", destacou Elisângela Aguiar, gerente de Operações do Serpro em Belém. Para ela, a feira mostrou-se uma oportunidade ideal de divulgação dos produtos e serviços do Serpro.

Serpro comercializa certificado digital na Feira do Empreendedor do ParáMissão para empreender

"A Feira do Empreendedor está relacionada ao cumprimento da missão do Sebrae, que é apoiar o pequeno negócio por meio dos mais diversos tipos de atendimento, além de capacitações e da geração de oportunidades de negócios", informou Fabrizio Guaglianone, diretor-superintendente do Sebrae no Pará.

Nesse aspecto, o evento proporcionou ambientes de compartilhamento de experiências como a Arena do Conhecimento, um espaço reservado para que empresários paraenses relatassem suas experiências de sucesso, como cases nos segmentos de alimentação e bebida, economia criativa, empreendedorismo feminino e marketing digital.

Sustentabilidade

No painel "Oportunidades Tecnológicas", pesquisadores e inventores mostraram um pouco da produção tecnológica desenvolvida na Amazônia, especialmente no estado do Pará. Tendo o conceito de sustentabilidade como mote, um dos destaques foram os ecopainéis criados, pelo professor Antônio Mesquita, a partir dos caroços de açaí descartados na Região Metropolitana de Belém.

"Recolhemos esses resíduos e fazemos a obtenção da fibra para a criação dos ecopainéis. Essa é uma alternativa para criar produtos ecologicamente sustentáveis, de valor no mercado e que abram frentes para cadeias produtivas dentro da própria comunidade", resumiu o inventor.

Além de apresentar projetos inovadores, o painel "Oportunidade de negócios" teve como proposta abrir possíveis negociações entre empresários e inventores, trazendo oportunidade de tirar as ideias do papel.

"O conhecimento deve ser rápido e empreendedor, não deve ficar restrito aos muros acadêmicos. É preciso ser testado e colocado no mercado", defendeu a professora de tecnologia farmacêutica da Universidade Federal do Oeste do Pará, Kariane Nunes, que apresentou o batom feito a partir de pigmentos de jambo.

Por todo o Brasil

Realizada em todo o país, a Feira do Empreendedor oferece, a cada edição, oportunidades de negócio para o desenvolvimento de novos empreendimentos mais relevantes para a economia local. O evento tem como principal cliente o visitante que deseja empreender, abrir um negócio ou incrementar o que já possui, sendo ainda o ambiente adequado para empresas que buscam novos representantes e distribuidores comerciais. Para saber mais, acesse a página do Sebrae sobre os eventos no Brasil.

Contato