Notícias

Geral

Trânsito

Motoristas do DF poderão receber desconto em multas

por Comunicação Empresarial do Serpro - Brasília — última modificação 22/12/2016 19h05
DER do Distrito Federal adere ao Sistema de Notificação Eletrônica, desenvolvido pelo Serpro

Anúncio foi feito durante coletiva em Brasília

A partir de 1º de janeiro de 2017, todos os motoristas que cometerem infrações de trânsito nas rodovias administradas pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER/DF) poderão pagar suas multas de trânsito com desconto de 40%. Nesta quinta-feira, dia 22 de dezembro, o órgão anunciou sua adesão ao Sistema de Notificação Eletrônica (SNE), solução que permite aos motoristas terem desconto no pagamento de multas, e ao Radar, sistema que garante uma gestão mais eficiente e ágil em processos de trânsito pelos órgãos autuadores. O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa, que reuniu o DER/DF, Serpro e Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) no Palácio do Buriti, em Brasília.

De acordo com o DER/DF, cerca de 100 mil multas são emitidas todos os meses pelo órgão e a adesão aos sistemas vai garantir uma economia de aproximadamente R$ 14 milhões por ano. "Além da economia no envio das notificações, vamos ter uma redução nos valores de impressão, uso de papel e processamentos operacionais. Os valores economizados serão empregados em campanhas de educação no trânsito voltadas aos motoristas", afirmou o diretor-geral do órgão, Henrique Luduvice.

"O SNE é um encurtamento de distância entre o Estado e o cidadão, porque é um canal de comunicação efetivo e confiável de todas as ocorrências de trânsito de forma ágil, prática e segura. Ao longo de 2017, o sistema vai receber novas funcionalidades que vão garantir ainda mais benefícios aos condutores de veículos", ressaltou o presidente do Denatran, Elmer Vicenzi.

O diretor de Relacionamento com Clientes do Serpro, André de Cesero, destacou o papel da empresa na sociedade. "O Serpro tem como missão desenvolver soluções digitais para estabelecer uma melhor integração entre governo e cidadão. As tecnologias do Serpro são desenvolvidas não só para dar suporte aos processos internos de governo, mas, principalmente, para trazer maior facilidade para a vida do cidadão", disse.

Desconto

Para ter direito ao desconto de 40%, o condutor do veículo deve fazer seu cadastro no SNE pelo endereço sne.denatran.serpro.gov.br ou baixar o aplicativo disponível na Google Play ou Apple Store. O motorista precisa também reconhecer que cometeu a infração de trânsito. No SNE, o usuário registra os dados do veículo e passa a receber todas as notificações de infrações de forma eletrônica, além de poder conhecer detalhes de cada multa, reconhecer a infração, copiar o código de pagamento e, ainda, fazer download do formulário de indicação do condutor responsável pela infração.

Onde vale

Com a adesão do DER/DF ao SNE, o motorista com registro do veículo no DF que cometer infração em qualquer rodovia da capital federal, a partir de janeiro de 2017, vai poder pagar o valor da multa com 40% de desconto. Se cometer uma infração em uma rodovia federal operada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Trânsito (DNIT) ou Polícia Rodoviária Federal (PRF), dentro ou fora do DF, também vai ter o direito ao desconto, já que essas instituições federais estão integradas ao sistema.

Além do DNIT, PRF e DER/DF, os Detrans de Santa Catarina, Pernambuco, Alagoas e Mato Grosso do Sul já aderiram ao SNE.

Mais agilidade na gestão do trânsito

Na ocasião, também foi anunciada a adesão do DER/DF ao Radar, uma solução que garante mais agilidade e transparência aos processos de trânsito, automatizando todas as atividades necessárias para a emissão de multas e o acompanhamento de recursos encaminhados pelo cidadão. O sistema pretende facilitar a gestão dos processos administrativos de trânsito de todos os 1.600 órgãos autuadores no Brasil que executam, juntos, cerca de 100 milhões de infrações de trânsito por ano. A solução também faz a integração dos dados de veículos e condutores para a validação da infração, a emissão das notificações de autuação, o acompanhamento da entrega de notificações e do julgamento de recursos.

Quando as infrações são registradas pelos agentes de trânsito, via web ou dispositivo móvel, o Radar faz o processamento de dados, integrando-se diretamente aos sistemas do Denatran e permitindo o registro de recursos e resultados dos julgamentos realizados pelas Juntas Administrativas de Recursos de Infrações (Jaris). O Radar possibilita, ainda, a realização das impressões de notificações, a gestão das postagens de autuações, o gerenciamento de pagamentos e repasses financeiros e, em breve, vai disponibilizar o registro de ocorrências de acidentes de trânsito e a realização de solicitações de apoio, como por exemplo o pedido de guinchos.

Contato